Apoiadores:


Agro Startups

Microplan & Seeds: empresa quer produzir mudas adaptadas a região de cultivo

Atualmente no Brasil, produtores precisam em média de 170 milhões de mudas de morango, sendo que grande parte é importada do Chile ou Argentina.

Antes de chegar ao bolo de aniversário, à sobremesa de domingo ou à salada de frutas, os morangos produzidos no Brasil fazem uma verdadeira viagem.

É que as mudas da fruta não são produzidas aqui.

Os produtores precisam importar do Chile ou Argentina, mais precisamente da região da Patagônia, que ocupa parte dos dois países.

Nesse trajeto muito se perde. A necessidade de deslocamento pode deixar as mudas passíveis a ataque de pragas e doenças, podendo influenciar na produtividade.

Dê olho em solucionar o problema dos produtores, um grupo de sócias de Cascavel, no oeste do Paraná, buscam replicar mudas através da técnica de micropropagação de plantas in vitro.

“Quando se traz uma muda de morangueiro de fora, a planta sente a mudança das condições climáticas e do ambiente de cultivo. As mudas importadas, ao tentar se adaptar em outras regiões passam por estresse, resultando em menor vigor e produção”, explica Laura Calgaro sobre os prejuízos que poderão ser evitados com o cultivo in vitro na região.

O laboratório da Microplan & Seeds, ainda em fase inicial, está incubado na Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Mas o que é a micropropagação de plantas in vitro?

A micropropagação consiste em utilizar pequenas partes do tecido vegetal e micropropagá-lo, ou seja, a partir de pequena parte de uma planta gerar várias outras.

“É a clonagem de uma planta matriz previamente selecionada. Por isso, não tem variabilidade genética ou doenças, apresentando alta produtividade.”

O cultivo das mudas é realizado em recipientes vedados contendo micro e macro nutrientes, permitindo que as plantas se desenvolvam em ambiente asséptico e em condições controladas. Somente após a realização da adaptação em estufa, as mudas de morangueiros são finalmente entregues ao produtor ou varejista.

Mudas de morango

“Dessa forma o produtor vai ter muda de qualidade, livre de doença, com alta produtividade e valor agregado.”

Com a implantação do laboratório, as sócias Crisleine Thomann, Cristiane Paro, Laura Calgaro e Lorena Noreto buscam agora aproximação com os produtores da região oeste do Paraná e também com órgãos como o Emater (Instituto Paranaense Assistência Técnica Extensão Rural), a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e demais empresas do setor.

Time da Microplan & Seeds
104 Shares
104 Shares
Copy link